segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Bienal Internacional do Livro de São Paulo


Como todos os meus posts são atrasados, esse não seria diferente, rs. Mas, eu já expliquei sobre isso no post anterior, então, espero estar perdoada.

A Bienal Internacional do Livro de São Paulo aconteceu nos dias 22 a 31 de Agosto no Anhembi e foi a minha primeira Bienal do Livro como escritora. Eu estava muito animada e determinada a vender 32315025054154621 livros! haha.

Bom, ao contrário do que muita gente pensa, a primeira Bienal do livro de um escritor (pelo menos da maioria) não tem tanto glamour assim, e talvez nem a segunda tenha, são horas e mais horas em pé, abordando incansavelmente as pessoas que entram no estande. Na verdade, o único glamour que nós temos é uma credencial que nos permite não pegar aquela imensa fila de 2 horas para entrar.

Diz a lenda que existe uma sala VIP para os escritores na Bienal do Livro, mas somente os semi-deuses conseguem chegar lá, nós pobres escritores mortais nem sabemos onde fica a porta dessa sala!

Mas nada disso é motivo para desânimo! Dentro do estande a regra é sorrir, deixar o escritor de lado e se tornar um ótimo vendedor, porque um bom escritor tem múltiplas funções, e uma delas é saber vender seu livro. É claro, que é muito mais fácil falar do que fazer, principalmente quando você está ao lado de uma mesa repleta de exemplares de "Fangirl" e "Eleanor e Park" da Rainbow Rowell.


Mas tudo bem, a concorrência existe e ela sempre vai existir, o segredo é não deixar se abalar e fazer o seu melhor, sempre. Hoje você não vai vender tanto quanto a Rainbow Rowell, mas quem sabe amanhã?

Apesar de alguns imprevistos no primeiro final de semana, os cinco dias que eu passei na bienal foram bem produtivos, encontrei grandes escritores, vendi livros, conheci leitores e escritores, e revi outros que já conhecia. Ás vezes é muito bom saber que você não está sozinha e não foi a única louca que decidiu virar escritora. haha :)

Fotos com:
Naila Barboni autora de Estrada Livre ; Renata Ventura autora de A Arma Escalarte ; Ana Beatriz Brandão autora de A Sombra de um Anjo ; Beatriz Cortes autora de Por uma questão de amor ; Raphael Montes autor de Dias Perfeitos ; Luiz Henrique Mazzaron autor de Máscara ; Samanta Holtz autora de O Pássaro ; Bento de Luca autor de O Príncipe Gato e André Vianco (precisa de apresentação?rs) autor de Os Sete.


Ps. Um agradecimento especial ao meu namorado Henrique que esteve comigo em todos os dias da Bienal e me ensinou como abordar os leitores para vender meu livro. :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário